Publicado em Deixe um comentário

Desmaquilhante inadequado causa danos graves nas glândulas palpebrais!

Saiba se está utilizar o desmaquilhante correto

 

Não sou eu que o digo e baseada num estudo de 2015 publicado no Journal of Ophthalmology, vários optometristas e oftalmologistas alertam que a remoção de maquilhagem com produtos inadequados, especialmente os compostos por óleos e certos conservantes muito utilizados, como o EDTA dissódico, encoraja o crescimento excessivo de bactérias. Estas bactérias são uma das causas de uma doença grave que leva a danos a longo prazo, inflamação e/ou atrofia das glândulas de meibómio, responsáveis pela saúde e integridade ocular.

Quando estas glândulas se perdem, os olhos lhe darão a sensação de areia, estarão secos, inflamados, irritados e vermelhos. Sintomas e sinais cada vez mais frequentes na consulta visual.

Por outro lado, além da falha da composição, os desmaquilhantes não especificos de uso ocular, não removem com eficácia os resíduos e impurezas da maquilhagem, como é o caso da maioria das águas micelares, muito na moda! Embora afirmem que estão livres de óleos pode ser enganoso. A tecnologia micelar baseia-se intrinsecamente no uso de moléculas de óleo limpador suspendida em água macia.

Portanto a única forma de ter olhos saudáveis e evitar a perda da função das glândulas tão essenciais, é usar produtos com o mínimo de óleos e conservantes e com aval optico e oftalmológico.

Comprar produtos para a pele na consulta do seu profissional de saúde pode parecer estranho mas o que não é estranho são as frequentes infeções oculares.

Para comprar produtos que respeitem a saúde ocular, tão respeituosos que até são adequados para usuários de lentes de contacto e olhos pós operados e sensiveis,  basta simplesmente visitar a página:

www.lentesdecontactoagranel.com

Dra. Sofia Cunha

Optometrista

Deixe uma resposta